O ex-governador Ricardo Coutinho (PSB) reforçou ser contra o texto-base da reforma da Previdência, aprovado pela Comissão Especial da Câmara dos Deputados. A proposta ainda será discutida em plenário.

Segundo ele, existe uma discussão ‘enviesada’ em que o problema do Brasil não é a Previdência, mas, sim, a economia do país. Ele ratificou que o Partido Socialista Brasileiro deve ser contrário a essa aprovação.

– Ninguém aqui se iluda. O governo que aí está abriu um discurso pronto. Caso aprovem a reforma da Previdência, não será suficiente a reforma para alavancar a economia. Portanto, é uma questão de afirmar que, o PSB, é contra a reforma – enfatizou Coutinho.

O discurso do socialista foi proferido durante uma reunião, em Brasília.

As informações repercutiram na Rádio Correio FM*